Composição Corporal – Massa Muscular

É inegável que um bom desenvolvimento da massa muscular é importante para uma boa estética corporal. Mas será que é só para a questão estética que a massa muscular serve?

O que é a massa muscular?

A massa muscular é composta, basicamente, por todo músculo do corpo humano que faz parte do sistema locomotor. Esse tipo de músculo, que se contrai voluntariamente, tem o nome de músculo estriado esquelético.

O músculo estriado esquelético, é formado por feixes de fibras musculares. Cada fibra muscular por sua vez, é constituída por sarcômeros. Estes, são a menor unidade contrátil de um músculo e apresentam em sua composição filamentos de actina e miosina, entre outros elementos bioquímicos que produzem a contração muscular.

Além deste tipo, o corpo humano apresenta mais dois tipo de músculo que são o muscúlo liso e o músculo estriado cardíaco que abordaremos em posts futuros.

A importância da massa muscular

Tanto na hipertrofia quanto na definição muscular, o desenvolvimento de massa muscular é fundamental. O volume muscular a ser desenvolvido em um processo hipertrófico dependerá dos objetivos morfológicos desejados pelo nosso cliente.

Além da estética, existem casos de necessidade de elevar o volume muscular por questões de saúde.

Um idoso, vítima de sarcopenia (diminuição significativa da massa muscular), necessitará de um processo de elevação da massa muscular. Este aumento da massa muscular produzirá maior capacidade de força. A força elevada permitirá ao idoso levantar de uma cadeira, cama ou privada com autonomia. Propiciará também, realizar ações locomotoras do cotidiano com mais segurança.

Outro exemplo do aumento de massa muscular vinculada à saúde é a situação de fratura óssea unilateral. Normalmente na retirada do gesso e volta às atividades, se percebe uma perda de massa muscular no membro fraturado, gerando uma assimetria muscular diagnosticada no comparativo perimétrico.

Em esportes que possuam a ação motora unilateral predominante, poderá notar se também em um comparativo perímetrico, uma desproporcionalidade entre os membros. Dessa forma, gerando desiquilíbrios musculares que podem levar a perda de performance ou até a lesão.

Nestes três grandes contextos, estético, saúde ou performance a quantificação e monitoramento da massa muscular é importantíssima.

Através do BLUFIT o profissional de saúde é capaz de dar um diagnóstico inicial da massa muscular assim como monitorar o processo evolutivo.

Assim, independente da demanda gerada pelos clientes dos profissionais de saúde, o BLUFIT apresenta ferramentas úteis no gerenciamento e agilização desse processo avaliativo.

Venha conhecer melhor o BLUFIT e maximizar seu tempo e avaliação junto ao seu cliente.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − 4 =